Featured Video

08 junho 2011

Palocci pede demissão da Casa Civil; Gleisi Hoffmann assume

O ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, pediu demissão do cargo nesta terça-feira, 7. Palocci, entregou nesta tarde carta à presidente Dilma Rousseff solicitando o seu afastamento do cargo. A senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR), que se reuniu com Dilma hoje, vai assumir a Casa Civil em seu lugar.

"O ministro considera que a robusta manifestação do procurador-geral da República confirma a legalidade e a retidão de suas atividades profissionais no período recente, bem como a inexistência de qualquer fundamento, ainda que mínimo, nas alegações apresentadas sobre sua conduta. Considera, entretanto, que a continuidade de embate político poderia prejudicar suas atribuições no governo. Diante disso, decidiu solicitar seu afastamento", cita a nota divulgada pela assessoria da Casa Civil.

Em nota. o Palácio do Planalto confirmou a senadora Gleisi Hoffmann convidada por Dilma para chefiar a Casa Civil e aceitou convite. No comunicado, o Planalto também informou que Dilma aceitou e lamentou o afastamento do ministro Antonio Palocci.

Fontes do Planalto disseram que não há expectativa de novas mudanças no quadro ministerial. A presidente espera que a polêmica em torno do caso Palocci acabe até porque está convencida de que teve muita politização. "Dilma Rousseff acredita que Gleisi tem tido atuação importante no Senado e vai ajudá-la na questão da coordenação política", afirmaram as fontes.

Arquivamento. Nesta segunda, o Procurador-geral da República, Roberto Gurgel, anunciou o arquivamento de representação que pedia abertura de investigação sobre Palocci, que aumentou seu patrimônio em 20 vezes desde 2006.

[FONTE: Estadão]

1 comentários:

Já vai tarde, espero que agora ele seja intimado judicialmente para esclarecer para quem prestou consultoria a peso de ouro e diga que parte do Brasil ele entregou aos tubarões capitalistas.

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More