Featured Video

25 fevereiro 2009

Itaú Unibanco fecha 2008 com lucro líquido de R$ 7,8 bi

FONTE: Estadão

SÃO PAULO - O Itaú Unibanco Banco Múltiplo fechou 2008 com lucro líquido de R$ 7,8 bilhões. Este resultado é a soma do lucro da Itaú Holding nos três primeiros trimestres do ano mais o resultado da fusão entre o Itaú e o Unibanco no quarto trimestre.

Para efeito de comparação, o Itaú Unibanco Banco Múltiplo divulgou o resultado pro-forma. Trata-se do resultado do 4º trimestre (já com a fusão dos bancos) mais a simulação dos resultados dos primeiros três trimestres do ano, caso os dois bancos já estivessem associados. Neste caso, o lucro da instituição seria de R$ 10 bilhões. Na mesma simulação, em 2007, o resultado teria sido de R$ 11,921 bilhões.

Eventos não recorrentes

A queda no lucro pro-forma é resultado de eventos não recorrentes no quarto trimestre de 2008. São eles: equalização de critérios contábeis decorrente da fusão dos bancos e provisão para gastos com integração Itaú Unibanco. Ou seja, gastos com a fusão dos bancos.

Contudo, o peso maior em eventos não recorrentes é o de provisão adicional para créditos de liquidação duvidosa. Ou seja, os recursos que são reservados para compensar a inadimplência de clientes. O banco reservou R$ 3,023 bilhões.

O medo da inadimplência é demonstrado pelos números da instituição. Na passagem do terceiro para o quarto trimestre de 2008, o índice de inadimplência do grupo subiu de 4,6% para 4,8%. A maior taxa foi nas operações de varejo, que subiu de 7,9% para 8,1%.

Sem considerar os efeitos extraordinários, a nova holding financeira apresentou em 2008 um lucro recorrente de R$ 10,571 bilhões, o que indica crescimento de 9,10% sobre o ano anterior.

O balanço do Itaú Unibanco Banco Múltiplo mostra ainda que, pelo critério contábil, a rentabilidade sobre o patrimônio líquido médio do grupo foi de 23,4% - menor do que o resultado no final de 2007, quando foi de 32%.



Quarto trimestre

Considerados apenas os resultados do quarto trimestre, o lucro líquido foi de R$ 1,871 bilhão, valor 14,5% inferior ao registrado no terceiro trimestre de 2008. Sem os eventos não recorrentes, o lucro teria sido de R$ 2,34 bilhões. A instituição financeira não forneceu o comparativo com o quarto trimestre de 2007.



Números totais


O grupo, que teve a fusão anunciada em 3 de novembro do ano passado, fechou o ano passado com ativos totais de R$ 632,7 bilhões, consolidando a primeira posição no ranking de ativos das instituições financeiras do país.

A carteira total de empréstimos do banco, incluindo avais e fianças, somou R$ 271,94 bilhões, o que representa um crescimento anual de 33,9%.

No quarto trimestre, as receitas com serviços somaram R$ 3,75 bilhões, um aumento de 4,6% em comparação com o trimestre anterior. O aumento dos custos provocou piora no índice de eficiência, que passou de 49,6% para 51,6% na passagem do terceiro para o quarto trimestre.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More