Featured Video

22 janeiro 2009

Hernandes pedem dinheiro de fiéis para reconstruir templo


FONTE: Estadão

SÃO PAULO - Parecia dia de estreia em Hollywood, com show de bailarinas, telões e transmissão via satélite, enquanto celebridades ecumênicas como o Bispo Gê desfilavam pelo chão de mármore e avançavam sobre o tapete vermelho para tomar seus postos no palco do templo evangélico Assembleia de Deus, que ontem à noite recebeu os convidados da Igreja Renascer em Cristo. Os autodenominados bispos Estevam e Sonia Hernandes apareceram nos telões, direto de Miami, onde cumprem liberdade condicional por conspiração e contrabando.

Foi a primeira vez que o casal se pronunciou publicamente sobre a queda do telhado da sede da Renascer, que no domingo matou nove pessoas. A plateia, estimada em 2 mil pessoas, entre as quais parentes das vítimas, levantou e ovacionou o casal.

"Sinto como se tivesse perdido nove filhos", disse o "bispo". Ele citou uma das vítimas, Maria de Lourdes, que teria afirmado querer morrer dentro da igreja. "Disse que aqui, entre os mortais, há muito trabalho a ser feito, mas que o melhor mesmo é estar ‘perto de Cristo’". Aos parentes, mandou a mensagem: "Essa dor não é de morte, mas de ressurreição", ao que o público gritava "Aleluia!". Estevam continuou: "O sofrimento que o Satanás me causa é para alcançarmos a Glória."

Para domingo, que marca o sétimo dia da morte das vítimas da tragédia, o bispo marcou cinco cultos às 8h, 10h, 15h, 17h e 19h, que será transmitido via satélite de Miami, na Avenida Paulista, na frente do Clube Holms. Ele também prometeu uma marcha na Avenida Lins de Vasconcelos, onde os fiéis teriam a oportunidade de "esmagar a cabeça do Satanás com o calcanhar". "Se tiver trio elétrico, melhor."

Ele também contou que um fiel teria sido chamado à delegacia e quase obrigado a fazer uma denúncia contra a Igreja. "Como é que vou fazer uma queixa contra a casa do Senhor, onde recebo todas as glórias?", perguntava Estevam aos fiéis. "Está cheio de repórteres na porta. E eles estão se perguntando, quem é esse povo e o que fazem aqui?" Os fiéis responderam: "É o povo de Deus!"

Os Hernandes aproveitaram para pedir reforço no dízimo para a reconstrução da sede da Renascer e pediram aos que tivessem contribuições "generosas" que fossem ao palco. Fiéis lotaram o espaço, abanando envelopes com suas ofertas. "Vou entregar tudo o que for necessário para o sacrifício", dizia o bispo.

O casal deve voltar ao Brasil em junho, quando termina a liberdade condicional. Eles foram presos em 2007 no Aeroporto de Miami ao tentar entrar no país com US$ 56.467 escondidos numa Bíblia, em CDs gospel e em duas bolsas, embora tivessem declarado não portar mais do que US$ 10 mil cada um. Passaram 140 dias em uma cadeia, cinco meses em prisão domiciliar, e pagaram multa de US$ 30 mil cada.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More