Featured Video

13 junho 2007

A MELHOR BANDA DE TODOS OS TEMPOS: U2
Escolhida pelos internautas do Ação Reação - continuação

FONTE: Wikipédia

Formação

A banda foi formada em Dublin em 25 de Setembro de 1976. Larry Mullen Jr., com apenas 14 anos, pôs um anúncio na escola à procura de músicos para uma nova banda. A resposta resultou num grupo de 5 elementos batizado de “Feedback”, que incluía Mullen na bateria, Adam Clayton no baixo, Paul Hewson (Bono) (voz), Dave Evans (The Edge) na guitarra e o irmão de Dave, Dick, também na guitarra.

Após 18 meses de ensaios, os “Feedback” mudaram o nome para “The Hype”. A banda tocou com este nome num concerto para a descoberta de novos talentos em Limerick na Irlanda em 17 de Março de 1978, tendo ganho o concurso. Jackie Haden, da “CBS Records”, que fazia parte do júri, ficou impressionado com a banda tendo-lhes dado a oportunidade de gravar a sua primeira demo.

O punk rocker de Dublin Steve Averill (mais conhecido como “Steve Rapid” dos “Radiators From Space”) disse que os “The Hype” não prestavam, pelo menos no nome. Mais tarde, devido ao fato de a família de Adam ser muito ligada à aviação, Adam sugeriu um novo nome para a banda, U2 (U-2, nome de um avião-espião utilizado pelos EUA durante a Guerra Fria que fora abatido pela URSS poucos dias antes do nascimento de Paul Hewson - Bono) que foi aceito e se tornou o nome oficial da banda até os dias de hoje.

Há quem sugira que o nome “U2” é baseado na filosofia do grupo, que acredita que a audiência faz parte da música e dos espectáculos e como tal “you too” (você também) participa do espectáculo.

Dick saiu em Março de 1978, e a banda fez-lhe um concerto de despedida. Reduzidos a quatro elementos, lançaram o seu primeiro single em Setembro de 1979, “U2-3” de seu nome, que chegou ao topo das tabelas na Irlanda. Em Dezembro desse ano rumaram a Londres para realizar os seus primeiros concertos fora da Irlanda, não tendo conseguido grande atenção do público ou da crítica.

Boy e October

Em Março de 80 assinam pela Island Records que em Outubro edita o seu primeiro álbum “Boy”. Seguidamente partem para a sua primeira turnê fora do Reino Unido. Em 1981 editam o segundo álbum, entitulado “October”. Os fãs e a crítica depressa deram conta do carácter espiritual das letras da banda; Bono, The Edge e Larry, menos Adam são cristãos assumidos, e não faziam nada para esconder tal facto. Estes três membros cristãos da banda juntaram-se a um grupo religioso de Dublin chamado “Shalom”, o que os levou a questionar a relação entre a fé cristã e o estilo de vida baseado no rock.

War

Em 1983, o grupo edita o álbum “War” que incluía “Sunday Bloody Sunday”, que falava da situação entre católicos e protestantes na Irlanda do Norte. O primeiro single do álbum, “New Year’s Day”, foi o primeiro êxito internacional da banda, tendo chegado a nº 10 no Reino Unido e quase entrou no top 50 dos EUA. A MTV deu grande destaque ao vídeo desta música, o que abriu as portas ao mercado americano. Pela primeira vez realizaram concertos com lotação esgotada tanto no Reino Unido como nos Estados Unidos dos quais resultaram a gravação ao vivo do EP “Under a Blood Red Sky” e também de um vídeo.

The Unforgettable Fire

A banda começou a gravação do seu quarto álbum com produção de Brian Eno e Daniel Lanois. “The Unforgettable Fire”, (assim chamado devido a uma série de pinturas feitas por sobreviventes do bombardeamento atómico de Hiroshima e Nagasaki), foi editado em 1984. A música “Pride (In The Name of Love)” era dedicada a Martin Luther King, e chegou a nº 5 de vendas no Reino Unido e ao top 50 nos EUA.

A revista Rolling Stone chamou aos U2 a “Banda dos anos 80”, dizendo que para um número crescente de fãs, os U2 eram a banda mais importante, senão mesmo, a única importante.

Live Aid

O concerto Live Aid, de ajuda contra a fome na Etiópia em 1985, foi visto por mais de um bilhão de pessoas por todo o mundo. Embora os U2 não fossem considerados como “banda de cartaz”, a sua versão de 13 minutos de “Bad” tomou conta do espectáculo, com Bono a abandonar o palco para ir dançar com uma espectadora. Em 1986, os U2 participaram também numa série de concertos de apoio à Amnistia Internacional, esgotando arenas e estádios por todo o mundo. Como consequência disto a Amnistia Internacional viu triplicar o seu número de membros.

The Joshua Tree

Em 1987 foi editado “The Joshua Tree”. O álbum entrou diretamente para número 1 de vendas no Reino Unido e depressa chegou ao mesmo lugar nos EUA. Os singles “With or Without You” e “I Still Haven't Found What I’m Looking For” tiveram o mesmo êxito. Foram a quarta banda a ter direito a uma capa da Time Magazine, (as outras três tinham sido os Beatles, The Band e The Who).

A banda gravou e filmou diversos concertos da turnê de “Joshua Tree” para o álbum e documentário “Rattle and Hum” em 1988 e editado em vídeo em 1989. O álbum tornou-se num tributo à música americana, tendo sido gravado nos estúdios da “Sun” em Memphis, gravado com Bob Dylan e B.B. King e cantado sobre a grande Billie Holiday.

Apesar de ter tido uma recepção positiva por parte dos fãs, a crítica considerou-o pretencioso, por pretender equiparar os U2 aos grandes nomes da música.

MISS SARAJEVO


THE FLY

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More