Featured Video

28 junho 2007

Heloísa Helena diz que só enriquece na política quem é ladrão

FONTE: Portal UAI

O PSOL reuniu hoje cerca de 50 manifestantes em frente ao Congresso Nacional no lançamento da campanha "Fora Renan". Em um ato a favor da ética na política, o partido cobrou o afastamento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado, além de punições para o senador Joaquim Roriz (PMDB-DF).

A presidente do PSOL, Heloísa Helena (AL), cobrou investigações severas sobre Roriz e Renan. "Só enriquece na política quem é ladrão. Quem enriquece, tem que apresentar à opinião pública todas as justificativas. Porque justificativas matemáticas e racionais não há, por isso precisam definitivamente serem punidos". O presidente do Senado é acusado de usar recursos da empreiteira Mendes Júnior para pagar pensão à jornalista Mônica Veloso, com quem tem uma filha. Para justificar que tinha recursos suficientes para não recorrer à construtora, alegou que teve lucros com a venda de gado em Alagoas.

Roriz, por outro lado, é acusado de negociar R$ 2,2 milhões com o ex-presidente do BRB (Banco de Brasília) Tarcísio Franklin de Moura. O senador nega as acusações ao argumentar que pediu dinheiro emprestado para a compra de um bezerro.

Como os dois senadores alegaram movimentações com bois para justificar as supostas irregularidades, a manifestação do PSOL teve como símbolo um boi bumbá dourado com a marca "RR" - numa alusão a Renan e Roriz.

Os manifestantes entoaram uma versão da canção "boi da cara preta" durante o ato político. "Boi, boi, boi, boi da cara preta, pega os senadores que encheram a maleta". Também carregaram faixas com os dizeres: "De escândalo em escândalo, a vaca vai para o brejo".

O deputado Fernando Gabeira (PV-RJ), que também participou da manifestação, disse que Renan deve se afastar da presidência do Senado para que as investigações possam ocorrer sem interferências políticas. "Eu acho que o Renan está morto politicamente e aconselho a ele o que o livro tibetano dos mortos aconselha: ir embora. Porque quando os mortos se agarram muito, não podem buscar a reencarnação. Mas para que o morto vá embora é preciso que a sociedade brasileira se mova". O PSOL deu início à coleta de assinaturas para um abaixo assinado pela renúncia de Renan. O partido vai colher as assinaturas até o início de agosto para, então, encaminhar o documento ao Congresso Nacional. Além de pedir o afastamento do presidente do Senado, o abaixo assinado defende punições mais severas para atos de corrupção política.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More