Featured Video

12 junho 2007

Frei Chico reconhece que ligou para advertir Vavá

FONTE: Globo.com

José Ferreira da Silva, conhecido como Frei Chico, admitiu nesta segunda-feira (11) que é dele a voz na gravação de um telefonema com Genival Inácio da Silva, o Vavá. Os dois são irmãos de Lula e combinavam um encontro com o presidente em Brasília.

Na gravação feita pela Polícia Federal durante a operação Xeque-Mate, que investiga a máfia do jogos de azar, Frei Chico repreende Vavá sobre um suposto lobby do irmão em ministérios.

Apesar de ligar da própria casa, um apartamento de um conjunto habitacional em São Caetano do Sul, no Grande ABC, em São Paulo, Frei Chico a princípio se identificou como "Roberto" ao falar com Vavá.

"Quando ele fala do Roberto da Cleusa, realmente é um primo nosso de terceiro grau, casado com uma prima de segundo grau", explicou Frei Chico, completando que não queria conversar com o Vavá por telefone.

Procurado pelo Jornal Nacional nesta segunda-feira (11), primeiro Frei Chico relutou em reconhecer que era ele o interlocutor de Vavá na conversa registrada pela polícia, mas admitiu que já tinha falado com o irmão sobre um assunto parecido. “Ele tem muita vontade de ajudar os outros, e eu o alertei sobre o seguinte: ‘você não vai a Brasília. Não vai lá, porque você, Vavá, tem muita bronca... deve ter muita bronca, tem fofoca. E aí Vavá, todo mundo vai meter o pau em você e aí não é bom presidente, não é bom pra família, Vavá’”, contou Frei Chico. “Rapaz, pode ser que seja a minha gravação, mas eu não tenho nada a esconder cara”.

Mais tarde, em entrevista ao Jornal da Globo, Frei Chico reconheceu: foi ele quem, no dia 20 de maio, um domingo, às 20h02, ligou para o irmão Vavá, dizendo que queria levá-lo para um encontro com o presidente Lula.

Sem identificação - O Lula quer que você vá lá ouvir uma coisa.
Vavá - Ah.
Sem identificação - Vai conversar com ele à noite.
Vavá - Ah, ah.
Sem identificação - Tá? Ele quer conversar na casa dele, tranqüilo, tá? Então vamos pensar um dia aí.
Vavá - Tá. mas eu vou de tarde e vou voltar. Não vou ficar lá não.
Sem identificação - Eu quero saber, Vavá, porque tem umas broncas lá que você anda apresentando uma pessoa lá no ministério.
Vavá- Eu?
Sem identificação - Vavá, depois nós conversa, tá?


"Eu confirmo tudo isso que eu falei para ele", afirmou Frei Chico, e ressalta que o objetivo seria reeprender Vavá. "As bronca (sic) a gente cria para tentar por medo no Vavá."


Conheça o site: Charges.com.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More