Featured Video

18 junho 2007

Campanha 'Conquiste a paz' já está nas ruas de Minas


FONTE: Portal UAI

O branco tomou conta da Praça do Papa, região Centro-Sul da capital, cenário escolhido para a abertura da campanha 'Conquiste a paz', promovida pelo grupo Associados Minas. Na manhã de céu claro e de clima ameno deste domingo, centenas de pessoas se juntaram ao projeto que busca mobilizar a sociedade em direção à uma cultura de paz entre as pessoas. Vista do alto da Avenida Afonso Pena, Belo Horizonte se tornou uma cidade ao alcance de todos, dando a idéia de que cada um pode contribuir para transformar o espaço onde vive em um lugar mais tranqüilo e justo.

Confira a galeria de imagens.

Integrantes da banda da Polícia Militar marcaram o ritmo do evento, enquanto funcionários do grupo Associados e seus familiares, líderes comunitários, autoridades e moradores da capital e do interior chegavam para se unir ao projeto. Depois de meia hora de boa música, os apresentadores da TV Alterosa Leopoldo Siqueira e Helena Barone e o editor de mídias convergentes, Benny Cohen, deram às boas-vindas aos participantes e explicaram como vai funcionar a campanha, que não tem data para terminar. Emocionados, os jornalistas convocaram a todos para o abraço da Praça do Papa, pedido imediatamente atendido pelo público. Vestidos de branco, crianças, jovens, adultos e idosos deram as mãos, mostrando que cada um é importante para a conquista de uma sociedade mais pacífica.

Depois do ato simbólico e de um minuto de absoluto silêncio, o clamor pela justiça e pelos valores da vida familiar foram traduzidos nas palavras de fé de quatro religiões, a católica, judaica, muçulmana e evangélica. Logo após a cerimônia, o evento foi encerrado com a apresentação do grupo Querubins, formado por crianças e adolescentes da perifieria de BH e que participam de projetos de inclusão social baseados na formação educacional e cultural.

A campanha

O ‘Conquiste a paz” aposta na participação da comunidade e agrega os veículos do grupo – Estado de Minas, TV Alterosa, Portal Uai, Rádio Guarani, Diário da Tarde, Aqui , Teatro Alterosa e Alterosa Cine Vídeo – na mudança do foco da cobertura da violência, incentivo e busca do apoio da sociedade e de instituições a programas e projetos pela segurança e pela paz. Para fomentar a idéia, a equipe coordenadora do projeto ouviu entidades de classe, líderes comunitários, representantes do poder público, da polícia, de organizações não-governamentais, estudiosos e especialistas.

A proposta de educação social e cidadã visa impulsionar ações coletivas contra a violência, a partir do combate de fatores que facilitam a sua disseminação, como a impunidade, a desestruturação da família e falta de opções de lazer e cultura. O resgate de valores, criação de escolas profissionalizantes, retomada das relações afetivas, amizade, solidariedade e educação foram apontados como soluções para o problema por alguns representantes de grupos preocupados com o combate à violência na cidade. Ter a consciência de que a responsabilidade é de todos também é fundamental para recuperar elementos básicos que levam à paz.

A mobilização vai dar prioridade ao público jovem, entre 15 e 20 anos, considerados principal vítima e agente da violência. E vai abordar vários segmentos, como trânsito, educação, trabalho, comunidade, segurança pública, drogas e juventude, nos bairros de periferia e classe média. Boas iniciativas também serão o foco do Conquiste a Paz, ao mostrar exemplos de atitudes simples que podem fazer a diferença e contribuir para a redução dos índices de criminalidade.

***************************************
Esta é uma linda e importante iniciativa do Grupo Associados Minas que incluem o Jornal Estado de Minas e a TV Alterosa. Acredito que ações como estas podem gerar sensibilidade no Poder Público para que medidas, cada vez, mais eficazes possam surgir.

A violência é um mal que cresce por incompetência do Estado por não fornecer condições sociais dignas e segurança pública adequada, além claro, da justiça por não punir com rigor os crimes que acontecem diariamente e que estapam as primeiras páginas de todos os jornais e na TV.


A parte curiosa do evento, na minha opinião, ficou por conta do Culto Ecumênico reunindo os líderes de quatro religiões de BH. Enquanto que, no dia a dia, a moçada evangélica cria meios para frear o crescimento da religião muçulmana e passar a frente do catolicismo, no Culto realizado na Praça do Papa, senta-se ao lado destas como se fossem amigas, quando na realidade estão de olho nos fiéis afim de convertê-los.

Então, só pra lembrar, na conquista da paz não há lugar para hipocrisias.

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More