Featured Video

19 abril 2007

'Vocês devastaram o meu coração', diz atirador em vídeo

FONTE: BBC Brasil

"Vocês devastaram meu coração, violaram minha alma e queimaram minha consciência. Acreditavam que estavam extinguindo a vida de um menino patético. Graças a vocês, morro como Jesus Cristo, para inspirar gerações (futuras) de pessoas frágeis e indefesas", disse o autor dos ataques que mataram 32 pessoas na Virginia Tech University, o jovem de origem sul-coreana Cho Seung-Hui em um vídeo.

A mensagem estava entre vídeos, fotos e cartas que ele enviou à rede de TV NBC entre o primeiro ataque, em que matou duas pessoas em um dormitório, e a segunda, no qual assassinou outras 30, antes de cometer suicídio.


A rede NBC exibiu trechos do que chamou de um "manifesto multimídia'', no qual Cho faz o que poderia ser definido como uma confissão e oferece a sua versão sobre o que motivou sua ação.

''Vocês tiveram bilhões de oportunidades e formas de evitar o que aconteceu hoje. Mas vocês decidiram derramar meu sangue. Vocês me encurralaram e só me deram uma opção. A decisão foi de vocês. Agora vocês têm sangue em suas mãos que jamais será lavado", afirmou ele em outro trecho.

"Mimados"

E em um segmento o autor do massacre se dirigiu aos seus colegas: "Vocês tinham tudo o que queriam. Suas Mercedes não lhes bastam, seus mimados. Seus colares de ouro não são suficientes, seus esnobes. Seu dinheiro no banco não foi suficiente. Sua vodca e conhaque não bastam. Toda a sua devassidão não foi suficiente. Elas (essas coisas) não foram suficientes para atender a suas necessidades hedonistas. Vocês tinham tudo."

"Vocês sabem a sensação que dá quando cospem na sua cara e jogam lixo por sua goela abaixo? Vocês sabe a sensação que dá cavar sua própria sepultura? Vocês sabem a sensação que dá ter sua garganta cortada de orelha a orelha? Vocês sabem a sensação que dá ser queimado vivo? Vocês sabem a sensação que dá ser humilhado e ser pregado em uma cruz para sangrar até a morte para sua diversão?"

"Eu não tinha que fazer isto. Eu poderia ter saído. Eu poderia ter fugido. Mas não, eu não vou mais correr. Não é para mim. Por meus filhos, por meus irmãos e irmãs que vocês f.... Eu fiz isto por eles."

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More