Featured Video

20 setembro 2006

O DOSSIÊ TUCANO. E Lulla não sabia de nada... (de novo)

(FONTE: Blog do NOBLAT - clique aqui para ver a reportagem completa)

Expedito Afonso Veloso, diretor de Gestão de Risco do Banco do Brasil, participou ativamente da operação de montagem e de divulgação do dossiê que tenta ligar o ex-ministro da Saúde José Serra à Máfia dos Sanguessugas, responsável pelo desvio de dinheiro público para a compra e venda de ambulâncias a preços superfaturados.

Na semana passada, Expedito foi despachado para Cuiabá com a missão de convencer Darci e Luiz Antonio Vedoin, chefes da Máfia dos Sanguessugas, a conceder uma entrevista à revista ISTOÉ falando mal de Serra e do seu sucessor no Ministério da Saúde Barjas Negri. A entrevista durou pouco mais de uma hora, segundo contou o próprio Expedito a um amigo.

******************************

Época foi procurada por integrantes da campanha de Lula; Berzoini sabia

(FONTE: O Estadão - clique aqui para ver a reportagem completa)

SÃO PAULO - Nota da revista Época divulgada nesta terça-feira informa que a publicação foi de fato procurada por "alguém" que tinha denúncias capazes de desmoralizar os ex-ministros da Saúde José Serra e Barjas Negri. Diante disso, um repórter de sua equipe se reuniu, em um hotel de São Paulo, com dois integrantes da campanha de Lula, Oswaldo Bargas e Jorge Lorenzetti.

Bargas e Lorenzetti disseram que aquela reunião nada tinha a ver nem com o PT nem com o governo. Disseram também que Aloizio Mercadante, candidato do PT ao governo paulista, não sabia das denúncias nem da reunião, mas que o presidente do PT, Ricardo Berzoini, sabia da reunião, mas não tinha conhecimento do conteúdo do material.

*******************************

TSE decide investigar participação de Lula no dossiê

(FONTE: Terra - clique aqui para ver a reportagem completa)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu instalar uma investigação judicial contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, pelo suposto envolvimento na compra de um dossiê contra candidatos tucanos na máfia das ambulâncias superfaturadas. O pedido foi protocolado ontem no TSE pela coligação do candidato tucano à Presdiência, Geraldo Alckmin.

O corregedor-geral eleitoral, ministro César Asfor Rocha, concedeu a liminar. A ação remonta a suposto benefício do presidente com "atos de abuso de poder" com o episódio do dossiê.

*******************************

E mais uma vez Lulla não sabia de nada e não viu nada.

E mais uma vez Lulla se envolve num escândalo com Dossiê falso contra os tucanos. Lembra do Dossiê Cayman?

A pergunta que fica e não quer calar é:

Se as pesquisas indicam a vitória do Lulla ainda no primeiro turno, porque então, Lulla e sua turma se arriscariam tanto para comprar um Dossiê falso contra os tucanos?

TENHO CONVICÇÃO QUE O POVO DARÁ A RESPOSTA CORRETA NO DIA 1º DE OUTUBRO

e teremos muitos institutos de pesquisas sendo desmascarados.

CONTATE-ME: blogacaoreacao@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More